CAMOCIM CEARÁ

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.(Mt.5)

domingo, 27 de setembro de 2020

OH! MEU IMENSO AMOR

 


Um dos clássicos do nosso cancioneiro, Ai Que Saudades Da Amélia, recebeu na voz de Roberto uma interpretação ímpar, que muitos críticos dizem ter sido a definitiva... — “A primeira vez que eu cantei essa música, foi no programa da Elizete Cardoso, e imediatamente senti que podia gravá-la, porque dava bem dentro do meu estilo.., interessante, uma música que não era o gênero que eu cantava na época, mas que eu me identificava terrivelmente com ela... isso foi muito bom pra mim, porque através de “Ai Que Saudades Da Amélia” eu pude mostrar que eu também cantava outras músicas, outras coisas diferentes das da Jovem Guarda... — Essa gravação igualmente me abriu a visão para outras músicas do gênero.., como depois veio, por ex., “A Deusa Da Minha Rua”.

Custe O Que Custar de Edson Ribeiro e Hélio Justo não foi propriamente um estouro de vendas mas, segundo Roberto, “foi uma música que tocou muito em rádio por muito tempo sem cansar — os autores foram realmente muito felizes”.

Para Eu Amo Demais, Roberto sorriu apenas e cantarolou a primeira parte, dizendo: - “É muito bonita, valendo para ela o mesmo comentário da música anterior”.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXPRESSE O SEU PENSAMENTO AQUI.