CAMOCIM CEARÁ

Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia; Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus; Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus; Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.(Mt.5)

sábado, 24 de dezembro de 2022

MAS ELE CANTOU TÃO DESAFINADO...

 


O meu coração pulsou

No dia em que eu te vi
Eu te amo, eu te adoro
Meu amor
Depois meu viver floriu
Porque para mim sorriu
Quem eu amo quem adoro
Meu amor
Tú és o meu bem querer
Razão desse meu viver
Sem amor minha vida
Vai ser triste e vazia
Se um dia eu te perder
Não sei o que vou fazer
Se eu te amo se eu te adoro
Meu amor

Coimbra do choupal
Ainda és capital
Do amor em Portugal, ainda
Coimbra onde uma vez
Com lágrimas se fez
A história dessa Inês tão linda
Coimbra das canções
Coimbra que nos põe
Os nossos corações, à luz...
Coimbra dos doutores
Pra nós os seus cantores
A fonte dos amores és tu.
Coimbra é uma lição
De sonho e tradição
O lente é uma canção
E a lua a faculdade
O livro é uma mulher
Só passa quem souber
E aprende-se a dizer saudade..

Meu bem eu vou partir
B7
Mas sem me despedir
Você vai chorar
E E7
E eu não quero ver
A
Quero recordar
E7 Eb7 D7 C#7
Os seus olhos assim
F#m
Brilhando de contente
B7 F#m
Brilhando alegremente
B7 E A E
Sorrindo para mim
A
Na minha viagem levarei
E
Como recordação um beijo seu
A
Você vai ficar longe de mim
F#m B7
Mas não quero vê-la triste assim
E
Mas quando eu voltar
B7
Serei feliz então
Posso lhe entregar
E E7
O meu coração
A
Mas quero encontrar
E7 Eb7 D7 C#7
Os seus olhos assim
F#m
Chorando na verdade
B7 F#m
Mas de felicidade
B7 E
.Gosto do jeitinho dela me olhar
Pois é todo ardor
Gosto do jeitinho dela me beijar, beijar
Gosto do jeitinho dela me abraçar
Pois é só calor
Gosto do jeitinho dela me dizer amor

Gosto do jeitinho dela
Sempre a balançar o andar
Gosto do jeitinho dela
Fingindo não querer gostar do modo de eu gostar

Mas eu gosto tanto, tanto do jeitinho que ela tem
De me beijar, de me abraçar
De me dizer amor

Gosto do jeitinho dela
Sempre a balançar o andar
Gosto do jeitinho dela
Fingindo não querer gostar do modo de eu gostar.
FONTE: SOM 13

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EXPRESSE O SEU PENSAMENTO AQUI.